Administrador

Administrador

Terça, 21 Novembro 2017 19:59

ICB5 na mídia

 
Duas novas reportagens sobre o trabalho realizado no ICB5 foram publicadas recentemente.
 
Para conferir, clique nos links a seguir:
 
 
 
 
Segunda, 18 Setembro 2017 17:28

II EXPEDIÇÃO HUMAITÁ

RELATÓRIO DE VIAGEM – UBS FLUVIAL IRMÃ ANGÉLICA TONETTA

“II EXPEDIÇÃO HUMAITÁ”

PARCERIAS: USP/UNISL/CEPEM/CEMETRON/FIOCRUZ-RONDÔNIA E SEMUSA/HUMAITÁ-AM

PERÍODO: 05 A 12/09/2017

1-EQUIPE USP/UNISL/SESAU-RO (PESQUISA E ASSISTÊNCIA MÉDICA)

NOME IES CATEGORIA ASSUNTO

JANAÍNA VERA

BIOMÉDICA

UFAC/USP MESTRADO ARBOVIROSES EM DÍPTEROS DE RONDÔNIA

CAROLINA MIRANDA

BIÓLOGA

UFAC/USP MESTRADO IMPACTO AMBIENTAL E ABUNDÂNCIA DE MOSQUITOS DO GÊNERO MANSONIA sp.

JULIANA CAMARGO

BIOMÉDICA

UFAC/USP MESTRADO FATORES DE RISCO E OCORRÊNCIA DE DCNTs EM ESCOLARES DE M NEGRO

SERGIO BASANO

MÉDICO-PhD

UFSJ/USP PÓS-DOUTORADO ENSAIO CLÍNICO FASE 3 NO TRATAMENTO DE MANSONELOSE

ANTONIETA RELVAS

BIOMÉDICA

UFSJ/USP

SEMUSA-HUMAITÁ

DOUTORADO TRANSIÇÃO EPIDEMIOLÓGICA EM POPULAÇÃO RIBEIRINHA DE HUMAITÁ-AM
LUIS HERMAN GIL IPEPATRO DOUTORADO FAUNA DE DÍPTEROS EM ÁREA RIBEIRINHA
TALLITA ZAMARCHI FAEMA/USP INICIAÇÃO CIENTÍFICA BIODIVERSIDADE DE TRIPANOSOMATÍDEOS NA AMAZÔNIA OCIDENTAL
THIAGO SOUZA UNISL/USP INICIAÇÃO CIENTÍFICA ARBOVIROSES EM DÍPTEROS DE RONDÔNIA
LUÍS MARCELO A. CAMARGO USP ORIENTADOR TODOS OS PROJETOS
SILVANA EUGÊNIO USP TÉCNICA DE LABORATÓRIO APOIO AO LABORATÓRIO
VALÉRIA DIAS USP JORNALISTA COBERTURA DAS ATIVIDADES

UÉSLEI PINHEIRO

UNISL

AC. MEDICINA

APOIO MÉDICO/ESTÁGIO

DUÍLIO MONTENEGRO

UNISL

AC. MEDICINA

APOIO MÉDICO/ESTÁGIO

RAFAELLA MONTEIRO

UNISL

AC.MEDICINA

APOIO MÉDICO/ESTÁGIO

GABRYELLA SEVERINO

UNISL

AC.MEDICINA

APOIO TÉCNICO/ESTÁGIO

2- EQUIPE SEMUSA-HUMAITÁ

NOME                                                                                             FUNÇÃO

Patrícia Helena Guarlotti                                             VACINADORA

Valdilene Santos Barros                                                                ACD

Joaquim Chíxaro                                                 AXILIAR DE MÁQUINAS

Jhonatan Souza de Oliveira                                                 DENTISTA

Valcilon Malta                                                                  COMANDANTE

João Assimim                                                           AUXILIAR DE CONVÉS

Dênison Carlos Gouvea                                 TÉCNICO DE ENFERMAGEM

Magda Soares                                                                         ENFERMEIRA

Shirlei Pinheiro                                                               SERVIÇOS GERAIS

Crsitiane Fernandes                                                            COZINHEIRA

Sílvia Helena Cassupá                                                                 MÉDICA

3- CRONOGRAMA DE VIAGEM

DIA 1

SAÍDA DE HUMAITÁ: 05H

CHEGADA EM BOM FUTURO: 18H

ATIVIDADE: MOBILIZAÇÃO DA COMUNIDADE PARA ATENDIMENTO EM 07/09

DIA 2

ATIVIDADE: ATENDIMENTO MÉDICO E LABORATORIAL DAS 07:00 ÀS 19:00H

DIA 3

ATIVIDADE: ATENDIMENTO MÉDICO E LABORATORIAL DAS 07:00 ÀS 19:00H

SAÍDA DE BOM FUTURO RUMO A SÃO RAFAEL: 15:00H

ATIVIDADE EM SÃO RAFAEL: MOBILIZAÇÃO DA COMUNIDADE PARA ATENDIMENTO EM 09/09

DIA 4

ATIVIDADE: ATENDIMENTO MÉDICO E LABORATORIAL DAS 07:00 ÀS 19:00H

DIA 5

SAIDA DE SÃO RAFAEL RUMO A CARARÁ: 12:00H

CHEGADA EM CARARÁ: 18H

ATIVIDADE: MOBILIZAÇÃO DA COMUNIDADE PARA ATENDIMENTO EM 11/09.

DIA 6

ATIVIDADE: ATENDIMENTO MÉDICO E LABORATORIAL DAS 07:00 ÀS 19:00H

DIA 7

SAÍDA PARA HUMAITÁ: 05:30H EM 12/09/2017

CHEGADA EM HUMAITÁ:

4- PRODUÇÃO GERAL

  • TOTAL DE ATENDIMENTOS MÉDICOS: 143

  • MÉDIA DE CONSULTAS:36 /DIA

  • TOTAL DE PROCEDIMENTOS CIRÚRGICOS: 3

  • HEMOGRAMA COMPLETO (ERITOGRAMA+LEUCOGRAMA+PLAQUETAS): 170

  • TOTAL DE PROCEDIMENTOS LABORATORIAIS: 514

  • ATENDIMENTOS ODONTOLÓGICOS:47

  • PROCEDIMENTOS ADONTOLÓGICOD: 376

  • COLETA/IDENTIFICAÇÃO DE DÍPTEROS(MOSQUITOS): 951

    5- SUGESTÕES PARA MELHORA DO ATENDIMENTO

  • CONTRATAÇÃO DE ACS RESIDENTES NAS COMUNIDADES E FISCALIZADOS PELA UBS FLUVIAL E PELO LÍDER COMUNITÁRIO

  • COMPRA DE “AMBULANCHA” PARA RESGATE DE PACIENTES CRÍTICOS

  • IMPLANTAÇÃO DE SISTEMA WI-FI NA EMBARCAÇÃO

  • COMPRA DE BALANÇA PORTÁTIL À BATERIA PARA ATENDIMENTO/TRIAGEM

  • INTSRUMENTALIZAÇÃO DOS ACS COM ESFIGMOMANÔMETROS E GLICOSÍMETROS

  • CAPACITAÇÃO CONTINUADA DOS ACS

  • COMPRA DE SISTEMA DE RÁDIO PORTÁTIL (WALK-TALK) 4 UNIDADES PARA COMUNICAÇÃO DA EQUIPE

  • RECENSEAMENTO DA POPULAÇÃO E ELABORAÇÃO DE CROQUI DAS CASAS, POR LOCALIDADE

  • IMPLEMENTAÇÃO DE BANCO DE DADOS COM INFORMAÇÕES DOS MORADORES (CARTÃO SUS, CPF, DATA NASCIMENTO, RG, MORBIDADES, ETC.)

  • REALIZAÇÃO DE 2 MUTIRÕES OFTALMOLÓGICOS EM ESCOLARES, IDOSOS E POPULAÇÃO COM QUEIXAS OCULARES EM 2018. DOAÇÃO DE ÓCULOS.

  • AGENDAR DATAS DAS 4 EXPEDIÇÕES DE 2018 COM ANTECEDÊNCIA (ATÉ 15/12/2017).

Terça, 11 Julho 2017 20:48

ICB5 na mídia-Atualizado!

O ICB5 e suas atividades foram tema de três reportagens publicadas no jornal da USP. Clique nos links abaixo para conferir.
 
Quinta, 23 Fevereiro 2017 09:27

WORKSHOP ICB5 USP

O município de Monte Negro, sediará o I Workshop em Tripanosomatídeos de Rondônia. O ICB5/USP de Monte Negro, com apoio da FIOCRUZ/NO e Centro Universitário São Lucas promove o evento entre 25 e 27/2/2017. O encontro será presidido pelo professor emérito da USP Dr. Erney Camargo e receberá professores, pesquisadores e alunos de várias IES de Rondônia, da Universidade Federal do Acre e da Universidade Federal de São João del Rei.  O objetivo principal do workshop é montar uma rede de colaboradores com a intenção de identificar tripanosomatídeos (parasitos) em mamíferos e artrópodes nos estados do Acre e Rondônia. Além do Trypanosoma cruzi, causador da doença de Chagas, há muitos outros gêneros e espécies de protozoários que infectam vegetais, artrópodes, mamíferos, peixes, aves, anfíbios e peixes. A região Norte, por exemplo, lidera o ranking da ocorrência de doença de Chagas a nível nacional, com o registro de aproximadamente 1000 casos nos últimos 10 anos, sendo a maioria por transmissão oral (via sucos e alimentos contaminados). Além do levantamento e caracterização dos tripanosomatídeos e seus hospedeiros, o escopo maior do evento é realizar estudo da filogenética destes protozoários, procurando compreender seu processo evolutivo na natureza.  São esperados 20 participantes para esta folia de momo científica. O feriado de carnaval foi a única data capaz de reunir todos os pesquisadores e professores.......

 
Fonte: http://chaguismo.blogspot.com.br/p/imagens.html
Quarta, 22 Fevereiro 2017 23:59

SAÚDE ESCOLAR EM MONTE NEGRO

 

O Centro Universitário São Lucas (UniSL) em parceria com o ICB-5/USP e a Prefeitura do Município de Monte Negro - RO deu início neste mês de fevereiro ao PROSEMN – Programa de Saúde Escolar de Monte Negro. O programa visa Promoção de Saúde e Prevenção de Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNTs), tendo como participantes alunos do último ano do curso de Medicina e Odontologia da UniSL, que realizam ações de saúde preventivas e curativas nos alunos das escolas públicas com idades ente 5 e 16 anos. A ideia surgiu após a realização de uma pesquisa em 2016 que apontou para prevalências alarmantes de DCNTs e seus fatores de risco entre os alunos. São realizados em média 20 atendimentos onde se verifica a pressão arterial, desenvolvimento pondero-estatural, exame físico, solicitação de exames laboratoriais e exames oftalmológico, dentre outros. Pretende-se, assim, poder identificar possíveis fatores de risco e/ou doenças como Diabetes, Hipertensão Arterial, Obesidade, Anemia, Vícios de Refração, problemas Odontológicos, Problemas de Aprendizado, Parasitoses Intestinais, além de orientar os alunos sobre a importância das atividade físicas, escovação dos dentes e a ingesta de alimentos importantes para o seu desenvolvimento. Pretende-se ao longo de 2017 examinar 1.500 alunos das escolas urbanas.

 

 

 

 

ALUNO DE MEDICINA (JOSÉ MARCELINO) DO ÚLTIMO ANO DE MEDICINA DA UNISL EM ATENDIMENTO NO PROSEMN NA ESCOLA PÚBLICA ESTADUAL MARIA DE ABREU BIANCO

ALUNO DE MEDICINA (JOSÉ VICENTE-COORDENADOR ACADÊMICO DO PROJETO) DO ÚLTIMO ANO DE MEDICINA DA UNISL EM ATENDIMENTO NO PROSEMN NA ESCOLA PÚBLICA ESTADUAL MARIA DE ABREU

ALUNO DE MEDICINA (DANIELLE SODRÉ) DO ÚLTIMO ANO DE MEDICINA DA UNISL EM ATENDIMENTO NO PROSEMN NA ESCOLA PÚBLICA ESTADUAL MARIA DE ABREU BIANCO

ALUNOS DE MEDICINA DO ÚLTIMO ANO DE MEDICINA DA UNISL EM REUNIÃO COM PROFESSORES E DIREÇÃO DA ESCOLA PÚBLICA ESTADUAL MARIA DE ABREU BIANCO (PRESENÇA DOS ALUNOS TALLITA ZAMARCHI-FAEMA E CÁSSIO MAGNO-UniSL)

 

 

O

 
O ICB5/USP assume a vice-coordenação do INCT-EpiAmo, com sede em Porto Velho, Rondônia e que tem o Prof. Henrique Krieger como Coordenador. Em 27/1/2017 ocorreu a 2ª reunião de seu comitê gestor. O Objetivo maior do EpiAmo é compreender melhor o perfil da complexa nosologia da Amazônia, sob várias óticas: genética populacional, epidemiologia, vetores de doenças, doenças negligenciadas, envelhecimento populacional, além de desenvolver projetos relacionados à biotecnologia. São vários projetos com um único objetivo. O responsável técnico pelo ICB5USP diz: ” trata-se de uma rede composta por diversas instituições de pesquisa como a USP, SESAU/RO, UFAC, UNIR, USP (SP e RO), FIOCRUZ (RO, RJ e AM) e UFSJ que tem por objetivo compreender melhor, sob a ótica do processo saúde doença, a complexidade da Amazônia brasileira”.  Em parceria com o CNPq, CAPES e FAPERO, serão investidos mais de R$5 milhões de reais nos próximos anos em bolsas de pesquisa e insumos. Entre 6 e 8/3/2017 ocorre a 4ª reunião do INCT, momento em que serão apreciados os projetos dos laboratórios colaboradores e, após avaliação do comitê gestor, definidos o repasse dos recursos. Há apenas 200 INCTs no Brasil (em várias áreas como matemática, física, ciências humanas, etc.) e o EpiAmo está entre os 10 primeiros colocados, destacando-se como, 8º colocado e entre estes, o único da Amazônia. A implantação do INCT demonstra o compromisso do governo federal e estadual com as atividades de pesquisa, em que pese a crise em que o país se encontra
Segunda, 26 Dezembro 2016 15:44

Extensão da LAEDRO no ICB5

No período de 12 de dezembro de 2016 a 23 de dezembro de 2016 foram realizadas a V Extensão da Liga Acadêmica de Saúde da Família e Comunidade e I Extensão Universitária da Liga Acadêmica de Endocrinologia de Rondônia - LAEDRO - no Ambulatório do Instituto de Ciências Biomédicas 5 da Universidade de São Paulo (ICB5/USP) localizado na Cidade de Monte Negro – Rondônia.

A extensão proporcionou experiências importantes na formação dos acadêmicos participantes. Intercalando visitas domiciliares, consultas clínicas, pequenos procedimentos, aulas expositivas, discussão de artigos científicos e aulas interativas. Enfim, fez-se uma complementação necessária da grade curricular obrigatória. Dessa forma, foram abordadas as áreas da atenção básica, envolvendo a saúde da mulher, da criança, do homem, atenção oftalmológica e saúde do idoso. Foram no total, 300 atendimentos durante o período

Segundo a estudante Carla Lima, do segundo período de Medicina do Centro Universitário São Lucas: “o contato com os pacientes foi muito gratificante, mesmo com pouco conhecimento clínico das doenças prevalentes na cidade. O monitor do meu grupo, que é interno de medicina e já vivenciou a clínica, auxiliou-me a realizar a anamnese, exame físico completo, hipóteses diagnósticas, tratamento e conduta, proporcionando uma relação mais segura em relação ao paciente”.

O coordenador das atividades, Prof. Luís Marcelo complementa: “ a ideia é que o aluno saia de sua casca, saia de sua redoma acadêmica de cristal e vivencie a prática de consultório e o outro lado do atendimento, a casa do paciente, com suas limitações e peculiaridades. Desta forma, além de formar um profissional mais crítico, torna-se igualmente um médico mais humano”
 
Segunda, 12 Dezembro 2016 14:41

V WORKSHOP ICB5 USP SOBRE DOENÇAS CRÔNICAS

 
 

Em 10/12/2016, em Monte Negro, reuniram-se professores do ICB5/USP, Centro Universitário São Lucas (UniSL), Faculdades Integradas Aparício de Carvalho (FIMCA), Universidade Estadual do Amazonas, além de médicos da SESAU e acadêmicos da UniSL, Faculdade de Ciências Biomédicas de Cacoal (FACIMED) e Faculdade de Educação e Meio Ambiente de Ariquemes (FAEMA). Durante o workshop foram apresentados os dados do projeto de pesquisa executado em abril e maio/2016 que visou identificar a prevalência de doenças crônicas não-transmissíveis e seus fatores de risco em escolares das escolas públicas de Monte Negro. Quatrocentos e noventa e nove crianças foram examinadas e os resultados pouco animadores. O objetivo do workshop foi de organizar os dados, analisa-los estatisticamente e organizar a produção científica sobre o tema. Foram elaborados 5 comunicações científicas (hipertensão arterial, dislipidemia, obesidade, fatores de risco de DCNTs e disfunção renal) e foram esboçados 3 artigos científicos para publicação em revistas internacionais indexadas sobre obesidade, hipertensão e prevalência de DCNTs nos escolares. Estiveram presentes os Prof.PhD Sergio Basano (Cemetron-SESAU/UniSL), Profa. Antonieta Relvas (UEM/Semusa-Humaitá), Profa. MsC Janaína Veras (FIMCA), Profa. Juliana Camargo (UniSL) e Prof. Phd Luís Aranha (USP, UniSL e CEPEM/SESAU), além dos acadêmicos Tallita Zamarchi (FAEMA), Léo Christian (FACIMED), Diego Lima (FACIMED), Roberta Brandão (UniSL), Mirlena Lopes (UniSL). Foram 10 horas de intensa atividade em ambiente de trabalho descontraído e cordial. O coordenador do ICB5 tece as seguintes considerações: “Não há nada mais gratificante que reunir alunos e professores, mesmo em um sábado ensolarado e quente, para exercitar a ciência e criar massa crítica em um estado “fora do eixo” da ciência e pobre em pesquisadores. Foi um brain-storm e tanto......”

Sábado, 10 Dezembro 2016 01:36

VISITA DE COMITIVA DA USP A RONDÔNIA

Durante 1º a 4/12/2016, Porto Velho e Monte Negro receberam a comitiva da USP, composta pelos Profs. Jakcson Bittencourt (Diretor Geral do ICB/USP), Prof. José Krieger (Pró-Reitor de Pesquisa), Prof. Hernandes (Pró-Reitor de Graduação), Prof. Erney Camargo (Professor Emérito) e Prof. Edison Durigon (Prof. Titular do Depto. de Microbiologia- Virologia). Durante a estada em P. Velho visitaram a Fiocruz/NO, CEPEM/SESAU, Cemetron/SEAU, o Centro Universitário São Lucas (UNISL), além da localidade de Portuchuelo, antiga área de pesquisa da USP nos anos 1990. Os Drs. Sergio Basano (Cemetron), Dhélio Jardim (CEPEM), Jansen Medeiros e Ricardo Godoi (FIOCRUZ) acompanharam a comitiva. Além de visitarem as instalações e conversarem com os pesquisadores locais, trataram de futuras cooperações técnico-científicas. Em seguida visitaram a reitora Dra. Eliza Aguiar (UNIFSL), em visita de cortesia, para agradecer e confraternizar com a longa parceria de mais de 10 anos.

Em Monte Negro, após breve apresentação das atividades de pesquisa da Unidade e visita técnica à Unidade, foram discutidas futuras parceria do ICB5/USP com outras unidades da USP, além de eventuais parcerias em pesquisa e fortalecimento da infraestrutura do ICB5/USP. Foi realizada visita ao Centro Universitário da UNISL em M. Negro com suas novas instalações, ainda não inauguradas. O ponto alto do encontro foi a vista ao antigo ‘Seringal do Cabeça”, área de treino e de pesquisa de campo do ICB5/USP, onde a equipe foi recepcionada pelo proprietário com um churrasco comemorativo e muita afetuosidade.

 

Terça, 29 Novembro 2016 19:08

AMAZÔNIA: ESCOLAR PÚBLICO DOENTE! SOS!

O ICB5/USP, EM PARCERIA COM O CENTRO UNIVERSITÁRIO ( UniFSL) E DIREÇÃO DAS ESCOLAS PÚBLICAS DE MONTE NEGRO, REALIZOU ESTUDO DE PREVALÊNCIA DE DOENÇAS CRÔNICAS NÃO-TRANSMISSÍVEIS (DCNT) E SEUS FATORES DE RISCO EM ESCOLARES DE MONTE NEGRO. O RESULTADO NÃO FOI SUPREENDENTE, POIS ESTUDOS ANTERIORES (COELHO ET AL., 2015 E VIEIRA et al, 2016) APONTAVAM PARA UMA CIDADÃO IDOSO COM ALTÍSSIMA PREVALÊNCIA DE DCNTs. CONSEQUENTEMENTE, ESPERAVA-SE A OCORRÊNCIA DE FATORES DE RISCO NOS MAIS JOVENS. O ESTUDO APONTOU PROBLEMAS ALÉM DO ESPERADO: ALÉM DOS FATORES DE RISCO, AS DCNTs TAMBÉM ESTÃO OCORRENDO ENTRE OS ESCOLARES! (VER TABELA). EM REUNIÃO ENTRE A NOVA GESTÃO DA PREFEITURA MUNICIPAL, O ICB5/USP E CORDENAÇÃO DE MEDICINA DA UniSL, FICOU ACERTADO A ELABORAÇÃO DE UM PROJETO DE INTERVENÇÃO EM SAÚDE E EDUCAÇÃO ENTRE OS ESCOLARES DAS ESCOLAS PÚBLICAS URBANAS. O PROJETO, GROSSO MODO, DIVIDE-SE EM 3 EIXOS: A-) CONSULTAS MÉDICAS E ODONTOLÓGICAS, COM APOIO DE NUTRICIONISTA E FONOAUDIOÓLOGA REGULARES NAS ESCOLAS (10 CONSULTAS/DIA), ENVOLVENDO ACADÊMICOS DE MEDICINA E ODONTOLOGIA; B-) SCREENING PARA DISTÚRBIOS METABÓLICOS, DISFUNÇÃO RENAL, OBESIDADE, HIPERTENSÃO ARTERIAL, DOENÇAS DA VISÃO E SEDENTARISMO E C-) INSERÇÃO DE CONTEÚDO EDUCATIVO NO SENTIDO DE PROMOVER A SAÚDE E NO DIAGNÓSTICO PRECOCE DE AGRAVOS ENTRE ALUNOS, PAIS E PROFESSORES. ESPERA-SE RECURSOS DO MINISTÉRIO DA SAÚDE DA ORDEM DE R$ 40.000,00 VIA PROGRAMA DE SAÚDE ESCOLAR, PARA A IMPLANTAÇÃO DO PROJETO. MÃOS À OBRA!

 

APÊNDICE 2 – Agravos à saúde e fatores de risco para DCNTs em escolares de 6 a 16 anos na área urbana de Monte Negro, 2016 (in press, 2017).

 

AGRAVOS PREVALÊNCIA % PREVALÊNCIA
AGRAVO % PREVALÊNCIA
HAS 6,9 (34/489) 69/1000 ALUNOS
DM1 0,2 (1/493) 2/1000 ALUNOS
INT. GLICOSE 4,8 (24/493) 48/1000 ALUNOS
SOBREPESO 17,14(84/490) 171/1000 ALUNOS

SOBREPESO+

OBESIDADE

29,6)145/490) 296/1000 ALUNOS
OBESIDADE 12,44 (61/490) 124/1000 ALUNOS
SEDENTARISMO 31,87 (138/433) 319/1000 ALUNOS
DESNUTRIÇÃO 2,8 (14/493) 28/1000 ALUNOS
ANEMIA HB 5,9 (28/474) 59/1000 ALUNOS
TRIGLICERÍDEOS 19,7 (97/492) 197/1000 ALUNOS
HDL 40,2 (198/492) 402/1000 ALUNOS
LDL 6,1 (30/492) 61/1000 ALUNOS
DISFUNÇÃ0 RENAL 0,41   (2/486) 4/1000 ALUNOS
PARASITOS PATOGÊNICOS 7,38 (20/271) 74/1000 ALUNOS
PARASITOS NÃO PATOGÊNICO 22,28(62/271) 223/1000 ALUNOS
PARASITOS TOTAIS 30,25 (82/271) 302/1000 ALUNOS

 

 
Página 1 de 8

© 2003 ~ 2015 - Instituto de Ciências Biomédicas 5 / USP (Universidade de São Paulo)

Todos os Direitos Reservados