A Pós-Graduação que pode ser desenvolvida no ICB5 é vinculada ao departamento de parasitolgia do ICB em São Paulo
O Programa em Biologia da Relação Patógeno-Hospedeiro tem como principal proposta oferecer aos alunos uma formação abrangente nas áreas de Biologia Celular, Bioquímica e Biologia Molecular de parasitas enfatizando o conhecimento de aspectos contemporâneos da interação de parasitas com seus hospedeiros e vetores.
 
As diversas áreas de atuação dos orientadores e as disciplinas oferecidas permitem aos alunos uma formação básica geral e multidisciplinar que é complementada, de acordo com os diferentes projetos de pesquisa, a fim de capacitar os alunos em áreas mais específicas. Nossa meta é a formação de mestres e doutores preparados para a investigação científica e docência nos diferentes campos da biologia parasitária contemporânea. São oferecidas linhas de pesquisa que abrangem patógenos de importância médica humana e veterinária, espécies de vida livre ou não patogênicas utilizadas como modelos em diversos estudos e vetores.
 
Nossos orientadores desenvolvem projetos nas seguintes áreas de concentração: Parasitologia Celular e Molecular; Bioquímica, Entomologia Celular e Molecular; Controle de Vetores; Genética Molecular e de Populações; Evolução, Filogenia, Taxonomia e Diagnóstico de Parasitas; Imunologia e Bioinformática. O Programa se destina a um público bastante diversificado, recebendo estudantes com graduação em Biologia, Medicina, Farmácia e Bioquímica, Biomedicina, Veterinária e outras áreas afins. Essa diversidade de áreas, especialidades e de público-alvo garantem a multi-disciplinaridade do Programa.
 
Todos os alunos têm acesso à infraestrutura do Departamento de Parasitologia, sede do programa, que possui diversas instalações e equipamentos de uso comum. Biotérios de criação e de experimentação e insetários são utilizados pelos orientadores e alunos do ICB. 

Alguns projetos de alunos de PG são parcialmente realizados na subunidade de Monte Negro, em Rondônia. Este laboratório está bem equipado para a realização de levantamentos e isolamento de microorganismos, técnicas básicas em Biologia Molecular e Sorologia, pesquisa de vetores, captura e manipulação de animais silvestres, etc. Possui alojamentos para professores e alunos.
 
O corpo docente do nosso Programa de PG é composto atualmente por 37 docentes orientadores, sendo 26 orientadores permanentes, que orientam alunos de PG regularmente no Programa, e 7 professores colaboradores. Grande parte dos orientadores do programa mantém projetos de pesquisa em colaboração com pesquisadores de diversas instituições brasileiras e estrangeiras. Essas colaborações incluem o recebimento e a ida de docentes e alunos para estas instituições.Mantemos uma média de 100 alunos matriculados em nosso Programa, mais de 60% no programa de Doutorado. Nos últimos anos, a produção científica dos docentes do Programa se mantém consistente em número de trabalhos publicados, com um significativo aumento na qualidade dos artigos. Esta qualidade pode ser aferida pelo conceito 6 conferido pela CAPEs nas duas últimas avaliações trienais, o que levou a inclusão de nosso programa no Programa Proex (Programas de Excelência). 
 

© 2003 ~ 2015 - Instituto de Ciências Biomédicas 5 / USP (Universidade de São Paulo)

Todos os Direitos Reservados